Criando Conexões entre Cadastros

Em um ambiente tradicional, temos certas conexões de cadastros que são criadas conforme novas transações surgem em nossos sistemas de ERP.

Um cliente é associado com um produto, através de uma transação de venda. Com esse tipo de associação podemos fazer diversos tipos de análises em ferramentas de BI ou BIG DATA.

Mas certas conexões fogem ao espectro de funcionalidades de um ERP. Por exemplo, associar uma pessoa com uma empresa, qualificando este tipo de conexão, informando que João é um ex-funcionário do nosso atual fornecedor “XPTO”, ou ainda, imaginando um cenário mais comercial associar que Maria é uma influenciadora frente ao cliente “ABC”.

Imagine que tipos de análises você poderia extrair se as conexões entre os seus metadados pudessem ser nomeadas e ficassem armazenadas em seus sistemas.

Com uma solução de gestão de Dados Mestres, você pode construir essas tag’s de conexão e com o apoio de uma ferramenta de visualização construir seu mapa de conexão entre metadados.

De uma maneira visual e interativa sua equipe de gestão poderia entender todo o relacionamento entre os cadastros e chegar de uma maneira mais rápida e intuitiva ao dado desejado.

Você poderia identificar no atual relacionamento de sua empresa, pessoas que teriam alguma influência sobre a decisão de um prospect, ajudando assim sua área comercial fechar um negócio.

Também, poderia pedir referência de um fornecedor para um cliente, pois em algum momento anterior alguém criou esta conexão ligando este fornecedor, de alguma forma, com este cliente.

As possibilidades são muitas e com o tempo você perceberá conexões que não estavam claras, justamente, porque desenhou todas as interações.

Abaixo, seria um exemplo de como estas conexões poderiam ser visualmente dispostas. E com recursos de Drill-Down, ir navegando nos metadados e obtendo cada vez mais informações.

Algo bem no estilo Minority Report, não acha?

Parece distante, certo? Mas, é algo bem possível, basta realizar os cruzamentos entre os seus metadados e criando as tags de forma manual ou através de algoritmos. Exemplo: Através do quadro societário associar uma pessoa com uma empresa.

Bons negócios!

Quer melhorar a governança de dados mestres na sua empresa?

Clique aqui para conhecer a plataforma 4MDG.

Leia também Mitos sobre MDM.

Tags: | | | | | | | | | | | | |

Quer conhecer sobre o universo dos dados mestres?

Receba gratuitamente nosso e-book sobre MDM e entre em uma das carreiras mais quente do momento

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
%d blogueiros gostam disto: